10 bandas de Metal brasileiras que NÃO SÃO o Sepultura

Esta é uma tradução de um texto publicado originalmente em um blog estrangeiro, e não expressa a opinião do tradutor, nem do site Whiplash!, nem de nenhum outro senão a do próprio autor. O link para o mesmo se encontra no final da página.

Quando as pessoas pensam sobre o metal brasileiro a primeira banda que vem à mente é o SEPULTURA. Ou pelo menos foi esse o meu caso. As cenas do metal internacional ao sul das fronteiras norte-americanas sofreram uma grande ignorância antes da internet conectar tudo e todos a tudo. Agora é muito mais fácil descobrir bandas que não residam no seu próprio país.

O Brasil e América do Sul em geral é um lugar fértil para o metal e sempre aprecia quando há turnês de bandas de metal lá. Bandas que normalmente só enchem um teatro nos Estados Unidosenchem um estádio por lá.

O SEPULTURA é um nome familiar no metal. Claro, o SEPULTURA de hoje não é o SEPULTURA mesmo que arrebentou a cena metal no final dos anos 80 e através de meados dos anos 90. Sabemos a maior parte da história, mas o resultado final foi um SEPULTURA sem Max Cavalera, o que foi mais ou menos como um IRON MAIDEN sem Bruce Dickinson. Tendo isso dito, deixe-me apresentar 10 bandas de metal do Brasil que não são o SEPULTURA, mas que merecem muito, muito reconhecimento.

1. KRISIUN

Uma das bandas mais ou menos conhecida que fez um monte de grandes álbuns é o Krisiun. O trio de death metal tem detonado desde 1990, contando com os irmãos Alex Camargo, no baixo e vocais, Max Kolesne na bateria e Moyses Kolesne na guitarra. A banda já teve outros dois guitarristas na formação ao longo dos anos também. Eles já lançaram dez álbuns desde 1994 e, acredite ou não, eles fazem um excelente cover do SEPULTURA. Se você nunca teve a chance de ver um show deles, faça um favor a si mesmo e vá. Aqui está o vídeo de Combustion Inferno, do seu álbum de 2008, Southern Storm.

2. Korzus

Vindo de São Paulo, o KORZUS tem estado na vanguarda da cena brasileira de thrash metal desde a sua formação em 1983. Eles recentemente lançaram seu sexto (eu acho) álbum, Discipline of Hate. A banda tem uma base solída constituída por três membros, apesar de muitas mudanças de formação ao longo dos anos, Marcello Pompeu no vocal, Silvio Golfetti na guitarra (que foi substituído por Antonio Araújo) e Dick Siebert na bateria. Este vídeo é Truth do Discipline Of Hate.

3. VIOLATOR

De todas as bandas de re-thrash ou neo-thrash de hoje em dia, a VIOLATOR é uma das minhas favoritas. Eles têm aquele feeling oldschool sem soar como se eles se esforçassem para fazer esse retrocesso thrash. A VIOLATOR já lançou mais EPs e Splits do que álbuns completos. Seu álbum de 2007, Chemical Assault, foi lançado pela Earache Records, que também lançou recentemente o Annihilation Process e fez pequeno split com os veteranos do Thrash, Hirax. A banda foi formada em 2002 e consistiu na mesma formação, Pedro Arcanjo, no baixo e vocais, Pedro Augusto na guitarra, Márcio Cambito também na guitarra e David Araya na bateria. Se você curte o som thrash oldschool, confira a VIOLATOR.

4. ATTOMICA

ATTOMICA é uma banda brasileira de thrash metal, tendo estado na ativa desde 1985 e sendo um nome importante na cena. Eles lançaram algumas demos e apenas três álbuns. Você pode encontrar seus discos lá fora. É um nome que você deve conhecer no metal brasileiro.

5. ANGRA

Todo país e continente tem power metal. O Brasil não é exceção, embora o país seja mais conhecido pelo thrash ou o death metal. O ANGRA foi formado em 1991 e é de São Paulo, o que parece ser o lugar que acontece no Brasil, que quase todas as bandas de metal do Brasil chamam de seu lar. Enfim, a banda tem algumas mudanças na sua formação ao longo dos anos. Na verdade, o único membro fundador restante na banda é Rafael Bittencourt. A banda lançou recentemente Aqua pela SPV / Steamhammer. De todas as bandas nessa lista, esta é uma que quase ficou de fora para deixar lugar para outra. Esta é Wishing Well, do seu álbum de 2004, Temple Of Shadows.

6. DYNAHEAD

DYNAHEAD é uma banda que se fez sozinha, uma banda que se auto-promoveu, que não quer ficar presa a algum contrato inútil e sugador de almas. Esta banda me surpreende. Seu estilo de metal progressivo, melodia e seu “fator wow” deveria fazer algumas gravadoras estarem implorando por um contrato. Infelizmente, isso não vale nada devido à economia e ao estado da indústria fonográfica e se você não é uma banda de pop ou caralho-rock, as gravadoras não vão lhe propor um bom negócio. Extremamente talentosas, muitas bandas boas como a DYNAHEAD passam despercebidas por todos fora da comunidade do metal. Eles assinaram contratos de distribuição, mas ainda não venderam suas vidas, graças a Deus. Eles mesmos gravaram e lançaram em 2008 o Antigen, que tem ótimas críticas de blogs de metal, como o Metalsucks.net e o Hookinmouth.net, entre muitos outros. E eles até fizeram seu próprio vídeo para Layers of Days. Essa banda do caralho faz tudo!

7. SARCOFAGO

Esta é uma que eu não sei muita coisa a respeito, mas deveria. Rotulada como uma das bandas de metal mais controversas do Brasil, devido a suas letras extremas e blasfêmicas, SARCOFAGO é outra daquelas bandas que foi um marco na cena do metal brasileiro de 1985 até 2000. Eles lançaram cinco álbuns, dois EPs, e participaram de várias compilações.

8. TORTURE SQUAD

Formada em 1990, esta banda não tem mais nenhum membro original, embora eu suponha que isso não importa, já que todos os seus álbuns têm apresentado três membros que estiveram na banda desde 1993. O TORTURE SQUAD se aprofundou mais num som death/thrash (mais thrash) e lançaram sete álbuns e um EP desde 1995. Isso é Living For The Kill do Hellbound, de 2008.

9. GREENSLEEVES

A GREENSLEEVES é mais uma banda de rock progressivo. A banda foi formada em 1993 e tem sido uma grande parte da cena musical de Curitiba, capital do estado brasileiro do Paraná (sim, eu tive que pesquisar na Wikipédia a respeito). Eles mesmos lançaram The Elephant Truth, um álbum conceitual que a banda explica como “a viagem mental de um homem em coma”. Inspirado no conto asiático representado pela poeta americano John Godfrey Saxe (1816-1887) em seu poema “The Blind Man and the Elephant”, a história do álbum é cheio de metáforas sobre a diversidade da verdade e as formas de se olhar para ela. The Elephant Truth é um álbum muito complexo, composto por 23 faixas e é muito bom de se ouvir do começo ao fim. Se você quiser uma amostra de sua música, você vai ter que visitar o MySpace deles.

10. REBAELLIUN

Esta banda de death metal durou em torno de quatro anos antes de acabar. Eles lançaram dois álbuns e dois EPs no período de 1998 a 2002. Muito semelhante ao som do KRISIUN. Este é “Bringer Of War” de seu EP de mesmo nome, que também contou com um cover de MORBID ANGEL “Day of Suffering” do Blessed are the Sick. Se você gosta de KRISIUN, você certamente irá gostar de REBAELLIUN.

Claro, existem outras grandes bandas de metal do Brasil, como BYWAR, ABHORRENCE e MX, entre inúmeras outras, mas eu não conheço, nem ouvi todas. Estas são 10 das bandas que eu sei alguma coisa a respeito e acho que deveriam receber mais atenção e crédito. Se você conhece outras bandas, atuais ou do passado, por favor deixe um comentário e nos ajude a descobrir mais bandas de metal ao sul da fronteira.

Fonte desta matéria (em inglês): The Number of the Blog

 

Anúncios

Sobre chikletinho


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: